Cemitério Ecumênico João XXIII

Edit this place
O Cemitério Ecumênico João XXIII foi entregue à comunidade porto-alegrense em ato público, no dia 27 de abril de 1972. A Associação Cristã de Moços do Rio Grande do Sul (ACM-RS) assumiu diretamente a administração do Cemitério em 16 de março de 1993.
O Cemitério caracteriza-se como uma unidade prestadora de serviço público essencial, que desempenha importante papel para a comunidade.

COMPROMISSO COM A RESPONSABILIDADE SOCIAL

Entre os valores do Cemitério Ecumênico João XXIII está a Responsabilidade Social. Importante parte de seu resultado financeiro é investida nos projetos sociais de sua mantenedora, a ACM-RS (nas Unidades ACM Cruzeiro do Sul, ACM Vila Restinga Olímpica, ACM Esteio e ACM Morro Santana), que atendem pessoas em vulnerabilidade social, principalmente crianças e adolescentes, através de diversas atividades de educação, esportes, artes, saúde, capacitação profissional, convivência, orientação social, voluntariado e liderança. Ao todo, são realizados cerca de 1 milhão de atendimentos por ano.

QUALIDADE É A PALAVRA DE ORDEM

Qualidade nos processos, nas relações de trabalho, nas práticas de responsabilidade social e principalmente nos serviços prestados. O João XXIII se compromete com práticas de administração e gestão coerentes e eficazes, bem como busca certificá-las em um constante processo de avaliação. Com isso, recebeu o Prêmio Nacional de Qualidade Sincep/Acembra, uma conquista que reforça o reconhecimento em nível nacional, somando-se aos prêmios já conquistados no Programa Gaúcho de Qualidade e Produtividade (PGQP): Medalha Bronze, Troféu Bronze e Troféu Prata.
Read more