PMSC-Criciúma-9BPM

Edit this place
A história da Polícia Militar em Criciúma tem início com criação, por meio da Lei nº 2.974, de 19 de dezembro de 1961, da 3ª Companhia Mista, com sede em Araranguá, vinculada ao 1º Batalhão de Polícia Militar de Itajaí. No entanto, a ativação daquela Companhia não chegou a ser concretizada.

Em 22 de dezembro de 1964, a Lei nº 3.575 alterou a denominação da 3ª Companhia Mista para 1ª Companhia de Polícia Destacada (CPD), incorporada ao 1º Batalhão Lopes Vieira de Itajaí, sendo inaugurada efetivamente na cidade de Araranguá no dia 18 de julho de 1966.

Marco histórico da ativação organizacional da Polícia Militar no Sul do Estado, naquela mesma data, por Ato Administrativo do Comando da 1ª CPD, o modesto Destacamento Policial Militar existente na cidade de Criciúma, localizado na Rua João Pessoa, atual prédio da Delegacia Regional, passou à categoria de Pelotão, assim permanecendo até o ano de 1981.

Com a implantação do 5º Batalhão de Polícia Militar em Tubarão, no dia 15 de janeiro de 1981, por meio do Decreto nº 7.743/79 e Decreto-Lei nº 12.110, foi implantada na cidade de Criciúma a 3ª Companhia de Polícia Militar, localizada na Rua Monteiro Lobato com a Rua Santo Antônio, em substituição ao Pelotão até então existente, e tendo como primeiro comandante o Capitão PM Pedro Roberto Abel.

Na década de 80, urge a necessidade de aumento do efetivo da Polícia Militar em Criciúma, cidade que se tornara polo do Sul Catarinense, considerando o significativo desenvolvimento socioeconômico aliado à expansão populacional, resultando no aumento dos índices criminais. Diante dessa necessidade, reconhecida pelas autoridades e lideranças regionais à época, iniciaram-se as tratativas para viabilizar a criação de um Batalhão de Polícia Militar na região carbonífera.
O Governo do Estado, ciente da causa, acenou com a possibilidade de negociações com empresas da região que possuíam débitos tributários com o Estado, as quais poderiam compensar suas dívidas com a construção de instalações de um Quartel para sediar um Batalhão Policial Militar.

Em 04 de outubro de 1993, a Lei nº 9.257 cria o 9º Batalhão de Polícia Militar, com sede em Criciúma, sendo realizada a solenidade de lançamento da pedra fundamental da construção do Quartel no dia 31 de março de 1994, no bairro Jardim Maristela.

No dia 24 de fevereiro de 1995, nas dependências do Quartel da então 4ª Companhia de Bombeiros Militar em Criciúma, com a presença do Governador do Estado de Santa Catarina, Paulo Afonso Evangelista Vieira, foi realizada a solenidade de ativação do 9º Batalhão de Polícia Militar, pelo Decreto nº 26, de 9 de fevereiro de 1995, tendo como primeiro Comandante o Tenente-Coronel PM Daltenor Nascimento.

O 9º BPM permaneceu instalado na sede da então 3ª Companhia de Polícia Militar, localizada na Rua São José com a Rua João Pessoa, Centro de Criciúma, até o mês de dezembro de 1995, quando foram concluídas as obras do novo aquartelamento, localizado na Rua Vereador Matias Ricardo Paz, bairro Jardim Maristela, onde permanece até os dias atuais.

Em seu quadro organizacional, o 9º BPM possui hoje quatro Companhias, sendo elas a 1ª Companhia com sede em Criciúma, responsável pelas atividades de policiamento comunitário; a 2ª Companhia, que comporta os Pelotões de Patrulhamento Tático, de Policiamento com Cães, de Policiamento Montado e de Policiamento com Motocicletas; a 3ª Companhia com sede em Criciúma, responsável pelas atividades de radiopatrulhamento; e a 4ª Companhia, que abrange o Pelotão da Polícia Militar de Forquilhinha, e os Grupamentos Policiais Militares das cidades de Nova Veneza, Siderópolis e Treviso.
Read more
Events near PMSC-Criciúma-9BPM