A Flauta Mágica: Ópera de W. A. Mozart

A FLAUTA MÁGICA
W. A. Mozart
02 de novembro de 2018
Sexta-feira | 21h30

Duração: a anunciar
Classificação etária: a anunciar
Preços: a anunciar

O Teatro das Figuras e a Fundação Pedro Ruivo apresentam "A Flauta Mágica", de W. A. Mozart, no dia 2 de novembro.

A Flauta Mágica é uma ópera em dois atos de Wolfgang Amadeus Mozart, com libretoalemão de Emanuel Schikaneder. Estreou no Theater auf der Wieden em Viena, no dia 30 de setembro de 1791.

Schikaneder era companheiro de loja maçônica de Mozart. À época, por influência da Revolução Francesa, a maçonaria adquiria simpatizantes ao mesmo tempo que era perseguida.

A ópera mostra a filosofia do Iluminismo. Algumas de suas árias tornaram-se muito conhecidas, como o dueto de Papageno e Papagena, e as duas árias da Rainha da Noite. Os conceitos de liberdade, igualdade e fraternidade da Revolução Francesa transparecem em vários momentos na ópera, por exemplo quando o valor de Tamino, protagonista da história, é questionado por ser um príncipe, e que por tal motivo talvez não conseguisse suportar as duras provas exigidas para entrar no templo. Em sua defesa, Sarastro responde: “mais que um príncipe, é uma pessoa”.

Ficha artística e técnica:

Conduzido por Martin Mázik Encenação: Roberta Mattelli
Cenografia: Alfredo Troisi
Guarda-roupa: Sartoria Arrigo (Milão)
Cabeleireiro: Artimmagine de Emanuela Passaro (Nápoles)
Calçado: Calzature Epoca (Milão)

Solistas, Coro e Orquestra da Opera 2001
TAMINO, Tenor: Goran Cah, Filippo Pina Castiglione
PAPAGENO, Barítono: Thomas Weinappel
PRIMEIRA DAMA, Soprano: Milena Minkova
SEGUNDA DAMA, Soprano: Shmilena Sultanova
TERCEIRA DAMA, Mezzo-Soprano: Nikolina Karmaziyska
LA REINA DE LA NOCHE, Soprano: Sonia Bellugi, Silja Schindler
AS TRÊS CRIANÇAS: Blagovesta Kostadinova, Tsvetelina Kotseva, Nadejda Voshta
MONOSTATOS, Tenor: Dimiter Dimitrov
PAMINA, Soprano: Francesca Bruni
SARASTRO: Ivaylo Dzhurov
PAPAGENA, Soprano: Pauline Rouillard

Produção: Fundação Pedro Ruivo
Read more